ECLESIASTES (OU O SÁBIO , OU O PREGADOR)

No livro de Eclesiastes estão registrados os pensamentos do "Sábio Salomão", que se colocou na vida de um homem sem Deus . Ele meditou profundamente sobre a vida humana , com as suas injustiças e decepções , e concluiu que tudo é vaidade. O Eclesiastes é o livro do homem sem Deus . Deus não acusa esse homem , mas deixa que ele fale dos seus sucessos e insucessos , do seu pessimismo e otimismo, da sua esperança e desespero . Mas esse homem se volta para Deus e descobre verdades consoladoras . O "Sábio ou o Pregador" aconselha os jovens a se lembrarem do seu Criador nos dias da sua mocidade , antes que o corpo volte para o pó da terra , e o espírito volte para Deus , que o deu . E no final do livro o "Sábio" afirma : De tudo o que foi dito , a conclusão é esta : tema a Deus e obedeça aos seus mandamentos porque foi para isso que fomos criados . Nós teremos de prestar contas a Deus de tudo o que fizermos e até daquilo que fizemos em segredo, seja o bem ou o mal .

Este livro dificilmente é comentado nas Igrejas , é um livro "sui generis" O Sábio Salomão medita profundamente sobre a vida humana , e começa a indagar : Como será a mente de uma pessoa sem Deus ? e partindo desse ponto ele desenvolve o seu estudo . Quando comecei a estudar este livro , achei oportuno que todos os seus 12 capítulos com os respectivos versículos fossem transcritos para melhor aproveitamento do comentário .

Então vejamos : O capítulo 1º contém 18 versículos .

Capítulo 1º Tudo é vaidade

Vers. 1- Palavra do Sábio , filho de Davi, rei de Jerusalém Vers. 2- Vaidade de vaidades, diz o Sábio; vaidade de vaidades, tudo é vaidade Vers. 3- Que proveito tem o homem de todo o seu trabalho, com que se afadiga debaixo do sol ?

A eterna mesmice Vers. 4- Geração vai e geração vem, mas a terra permanece para sempre . Vers.5 - Levante-te o sol , e põe-se o sol , e volta ao seu lugar, onde nasce de novo. Vers. 6- O vento vai para o sul e faz o seu giro para o norte, volve-se, e revolve-se, na sua carreira , e retorna aos seus circuitos. Vers. 7- Todos os rios correm para o mar , e o mar não se enche ; ao lugar para onde correm os rios , para lá tornam eles a correr . Vers. 8- Todas as coisas são canseiras , tais que ninguém as pode exprimir ; os olhos não se fartam de ver , nem se enchem os ouvidos de ouvir . Vers. 9- O que foi é o que há de ser ; e o que se fez , isso se tornará a fazer; nada há , pois , novo debaixo do sol . Vers.10- Há alguma coisa de que se possa dizer: Vê , isto é novo ? Não ! Já foi nos séculos que foram antes de nós . Vers.11- Já não há lembrança das coisas que precederam ; e das coisas posteriores também não haverá memória entre os que hão de vir depois delas .

A experiência do Sábio ou Pregador

12- Eu, o Pregador , venho sendo rei de Israel , em Jerusalém . 13- Apliquei o coração a esquadrinhar e a informar-me com sabedoria de tudo quanto sucede debaixo do céu ; este enfadonho trabalho impôs Deus aos filhos dos homens , para nele os afligir . 14- Atentei para todas as obras que se fazem debaixo do sol; e eis que tudo era vaidade e correr atrás do vento. 15- Aquilo que é torto não se pode endireitar ; e o que falta não se pode calcular . 16- Disse comigo : eis que me engrandeci e sobrepujei em sabedoria a todos os que antes de mim existiram em Jerusalém ; com efeito , o meu coração tem tido larga experiência da sabedoria e do conhecimento . 17- Apliquei o coração a conhecer a sabedoria e a saber o que é loucura e o que é estultícia ; e vim a saber que também isto é correr atrás do vento . 18- Porque na muita sabedoria há muito enfado ; e quem aumenta ciência aumenta tristeza .

Comentário :

Capítulo 1º Vers. 2 - É tudo vaidade (quer dizer , é tudo ilusório : fragilidade humana) Este versículo expressa o tema de Eclesiastes , isto é , todos os empreendimentos humanos na terra não têm sentido nem propósito , quando realizados à parte da vontade de Deus , fora da comunhão com Ele e da sua obra de amor em nossa vida . O livro também salienta que a própria criação está sujeita à vaidade e a corrupção . (1) O autor procura aniquilar as falsas esperanças que o povo deposita num mundo totalmente secular . Seu empenho é que o ser humano perceba as sérias realidades do mal , da injustiças e da morte ; e que reconheçam que a vida à parte de Deus , não tem sentido e nem pode levar à verdadeira felicidade . (2) A solução ao problema está na fé e na sua confiança em Deus : é isto que dá sentido à vida : que dá real prazer em viver . Devemos atentar para além das coisas terrenas , isto é , para as celestiais , a fim de obtermos esperança , alegria e paz . Vers. 5-11 - E nasce o sol - A terra parece prosseguir no seu caminho predeterminado sem indicar qualquer mudança . O ser humano não pode buscar na natureza sentido para a sua exist6encia terrena , nem pode, na terra obter plena satisfação. Vers. 9- Nada há novo debaixo do sol - Este versículo não quer dizer que não ocorrem novas invenções , mas somente que não há nenhum tipo de atividade .As aspirações , propósitos e desejos da raça humana permanecem os mesmos. Vers. 12-18- Eu , o Sábio......informar-me com sabedoria . O ser humano não consegue descobrir , por si só , qualquer propósito na vida, nem consegue utilizar os recursos produzidos pelo homem para endireitar o que está errado no mundo . A solução consiste em algo superior à sabedoria humana , à filosofia ou idéias humanas . Trata-se da sabedoria de Deus que vem do alto : a sabedoria de Deus oculta em mistério , a qual Deus ordenou antes dos séculos .

O capítulo 2º contém 26 versículos

Capítulo 2º A vaidade das possessões 1º- Disse comigo : vamos ! Eu te provarei com a alegria ; goza , pois , a felicidade ; mas também isso era vaidade. 2- Do riso disse : é loucura ; e da alegria ; de que serve ? 3- Resolvi no meu coração dar-me ao vinho, regendo-me , contudo , pela sabedoria , e entregar-me à loucura , até ver o que melhor seria que fizessem os filhos dos homens debaixo do céu , durante os poucos dias da sua vida . 4-Empreendi grandes obras ; edifiquei para mim casas; plantei para mim vinhas . 5- Fiz jardins e pomares para mim e nestes plantei árvores frutíferas de toda espécie . 6- Fiz para mim açudes , para regar com eles o bosque em que reverdeciam as árvores . 7- Comprei servos e servas e tive servos nascidos em casa ; também possuí bois e ovelhas , mais do que possuíram todos os que antes de mim viveram em Jerusalém . 8- Amontoei também para mim prata e ouro e tesouros de reis e de províncias ; provi-me de cantores e cantoras e das delícias dos filhos dos homens mulheres e mulheres . 9- Engrandeci-me e sobrepujei a todos os que viveram antes de mim em Jerusalém ; perseverou também comigo a minha sabedoria . 10- Tudo quanto desejaram os meus olhos não lhes neguei, nem privei o coração de alegria alguma, pois eu me alegrava com todas as minhas fadigas , e isso era a recompensa de todas elas . 11- Considerei todas as obras que fizeram as minhas mãos , como também o trabalho que eu , com fadigas , havia feito ; e eis que tudo era vaidade e correr atrás do vento , e nenhum proveito havia debaixo do sol.

A vaidade da sabedoria

12- Então , passei a considerar a sabedoria , e a loucura , e a estultícia . Que fará o homem que seguir ao rei ? O mesmo que outros já fizeram. 13- Então , vi que a sabedoria é mais proveitosa do que a estultícia , quanto à luz traz mais proveito do que as trevas. 14- Os olhos do sábio estão na sua cabeça , mas o estulto anda em trevas ; contudo , entendi que o mesmo lhes sucede a ambos . 15- Pelo que disse eu comigo : como acontece ao estulto , assim me sucede a mim; por que , pois , busquei eu mais a sabedoria ? Então , disse a mim mesmo que também isso era vaidade . 16- Pois, tanto do sábio como do estulto, a memória não durará para sempre ; pois, passados alguns dias , tudo cai no esquecimento . Ah! Morre o sábio , e da mesma sorte , o estulto ! 17- Pelo que aborreci a vida , pois me foi penosa à obra que se faz debaixo do sol; sim, tudo é vaidade e correr atrás do vento .

A vaidade do trabalho 18- Também aborreci todo o meu trabalho, com que me afadiguei debaixo do sol, visto que o seu ganho eu havia de deixar a quem viesse depois de mim . 19- E quem pode dizer se será sábio ou estulto ? Contudo , ele terá domínio sobre todo o ganho das minhas fadigas e sabedoria debaixo do sol ; também isto é vaidade . 20- Então, me empenhei por que o coração se desesperasse de todo trabalho com que me afadigara debaixo do sol. 21- Porque há homem cujo trabalho é feito com sabedoria , ciência e destreza; contudo , deixará o seu ganho como porção a quem por ele não se esforçou; também isto é vaidade e grande mal . 22- Pois que tem o homem de todo o seu trabalho e da fadiga do seu coração, em que ele anda trabalhando debaixo do sol ? 23- Porque todos os seus dias são dores , e o seu trabalho , desgosto ; até de noite não descansa o seu coração ; também isto é vaidade . 24- Nada há melhor para o homem do que comer , beber e fazer que a sua alma goze o bem do seu trabalho. No entanto, vi também que isto vem da mão de Deus . 25-pois, separado deste , quem pode comer ou quem pode alegrar-se ? 26- Porque Deus dá sabedoria , conhecimento e prazer ao homem que lhe agrada ; mas ao pecador dá trabalho, para que ele ajunte e amontoe , a fim de dar àquele que agrada a Deus . também isto é vaidade e correr atrás do vento.

Comentário

Do capítulo 2 vers. 1-11 . Neste capítulo e seus versículos , Salomão relata como ele experimentou o prazer , as riquezas e as recreações culturais na busca da satisfação e do prazer . Porém , nada disso lhe proporcionou real felicidade - a insatisfação em seu viver continuou . Somente em Deus e na sua vontade pode o ser humano encontrar paz, satisfação e alegria permanentes . vers. 12- 17 - Salomão observou que viver sabiamente na terra é vantajoso por algum tempo , pois o sábio tem menos problema do que o tolo. Com a morte, porém , todas as vantagens ficam nulas . Logo a sabedoria terrena não tem valor permanente , no sentido estrito. Vers. 18-26- O trabalho humano , se não for dedicado a Deus, não tem valor permanente . Até mesmo os bens que o ser humano deixa na terra depois da morte , pode ser leviamente esbanjado por outra pessoa . O escritor deste livro chega a duas conclusões : (1) comer , beber e trabalhar - enfim , todas as atividades da vida - podem trazer satisfação, apenas se a pessoa vive a sua vida para Deus . somente Deus capacita o ser humano a ter prazer na vida , e (2) Ele concede verdadeira sabedoria , conhecimento e alegria aos que o agradam mediante a fé . Devemos , portanto, entender que a vida ;e um dom de Deus e que devemos confiar nEle para que o seu propósito se realize em nós .

Capítulo 3 - Tempo para tudo

O capítulo 3 contém 22 versículos l) Tudo tem o seu tempo determinado , e há tempo para todo propósito debaixo do céu : 2) há tempo de nascer e tempo de morrer ; tempo de plantar e tempo de arrancar o que se plantou ; 3) tempo de matar e tempo de curar ; tempo de derribar e tempo de edificar ; 4) tempo de chorar e tempo de rir ; tempo de prantear e tempo de saltar de alegria ; 5) tempo de espalhar pedras e tempo de ajuntar pedras ; tempo de abraçar e tempo de afastar-se de abraçar; 6) tempo de buscar e tempo de perder; tempo de guardar e tempo de deitar fora ; 7) tempo de rasgar e tempo de coser ; tempo de estar calado e tempo de falar ; 8) tempo de amar e tempo de aborrecer ; tempo de guerra e tempo de paz . O HOMEM NÃO CONHECE O SEU TEMPO DETERMINADO 9) Que proveito tem o trabalhador naquilo com que se afadiga ? 10) Vi o trabalho que Deus impôs aos filhos dos homens, para com ele os afligir . 11) Tudo fez Deus formoso no seu devido tempo; também pôs a eternidade no coração do homem, sem que este possa descobrir as obras que Deus fez desde o princípio até ao fim. 12) Sei que nada há melhor para o homem do que regozijar-se e levar vida regalada ; 13) e também que é dom de Deus que possa o homem comer, beber e desfrutar o bem de todo o seu trabalho . 14) Sei que tudo quanto Deus faz durará eternamente ; nada se lhe pode acrescentar e nada lhe tirar ; e isto faz Deus para que os homens temam diante dele . 15) O que é já foi , e o que há de ser também já foi ; Deus fará renovar-se o que se passou . SEMELHANÇA APARENTE NA MORTE ENTRE HOMENS E ANIMAIS 16) Vi ainda debaixo do sol que no lugar do juízo reinava a maldade e no lugar da justiça , maldade ainda . 17) Então , disse comigo : Deus julgará o justo e o perverso ; pois há tempo para todo propósito e para toda obra . 18) Disse ainda comigo : é por causa dos filhos dos homens , para que Deus os prove , e eles vejam que são em si mesmos como os animais . 19) Porque o que sucede aos filhos dos homens sucede aos animais , o mesmo lhes sucede : como morre um , assim morre o outro , todos têm o mesmo fôlego de vida , e nenhuma vantagem tem o homem sobre os animais , porque tudo é vaidade . 20) Todos vão para o mesmo lugar ; todos procedem do pó e ao pó tornarão 21) Quem sabe se o fôlego de vida dos filhos dos homens se dirige para cima e o dos animais para baixo , para a terra ? 22) Pelo que vi não haver coisa melhor do que alegrar-se o homem nas suas obras , porque essa é a sua recompensa ; quem o fará voltar para ver o que será depois dele ?

Comentário Cap. 3 vers. 1-8

Deus tem um plano eterno que inclui os propósitos e atividades de toda pessoa na terra . O crente deve entregar-se a Deus como sacrifício vivo , deixar que o Espírito Santo leve a efeito o plano de Deus em sua vida e ter cuidado para não se afastar da vontade de Deus, e assim perder a oportunidade quanto ao propósito divino para a sua vida vers. 11- pôs a eternidade no coração deles. Deus gravou o anseio inato pelas coisas eternas . O ser humano busca valores eternos já aqui nesta vida , na sua imanente percepção de viver para sempre . Portanto , a vida material : coisas seculares e prazeres deste mundo nunca satisfarão plenamente o ser humano . ver.13 - Um dom de Deus - Poder desfrutar da vida e vivê-la sabiamente é uma dádiva de Deus , que usufruímos somente quando deveras andamos segundo os seus caminhos , em obediência a Ele como nosso Senhor e Deus. Deste modo , Deus nos dispensa alegria em tudo que empreendemos . vers.16-17- impiedade - Neste mundo ,a perfeita execução dos propósitos de Deus é prejudicada pela injustiça e iniqüidade . Mas, neste texto temos a certeza de que Deus no seu tempo aprazado , julgará os ímpios e recompensará os justos . vers.19- Assim morre o outro . Biologicamente , o ser humano morre como os animais , isto é , o cessar da vida física . Esse fato demonstra a fragilidade do corpo humano , e deve nos conduzir ao temor de Deus e à sua obediência . CAPÍTULO 4 contém 16 vers. AS TRIBULAÇÕES DA VIDA 1- Vi ainda todas as opressões que se fazem debaixo do sol : vi as lágrimas dos que foram oprimidos , sem que ninguém os consolasse ; vi a violência na mão dos opressores , sem que ninguém consolasse os oprimidos . 2- Pelo que tenho por mais felizes os que já morreram , mais do que os que ainda vivem; 3- porém mais que uns e outros tenho por mais feliz aquele que ainda não nasceu e não viu as más obras que se fazem debaixo do sol . 4- Então , vi que todo trabalho e toda destreza em obras provêm da inveja do homem contra o seu próximo . Também isto é verdade e correr atrás do vento. 5- O tolo cruza os braços e come a própria carne, dizendo : 6- Melhor é um punhado de descanso do que ambas as mãos cheias de trabalho e correr atrás do vento. 7- Então , considerei outra vaidade debaixo do sol , 8- isto é , um homem sem ninguém, não tem filho nem irmã ; contudo , não cessa de trabalhar , e seus olhos não se fartam de riquezas ; e não diz : Para quem trabalho eu , se nego à minha alma os bens da vida ? Também isto é vaidade e enfadonho trabalho . 9- Melhor é serem dois do que um , porque têm melhor paga do seu trabalho. 10-Porque se caírem , um levanta o companheiro ; ai , porém , do que estiver só ; pois , caindo ,não haverá quem o levante . 11-Também , se dois dormirem juntos , eles se aquentarão ; mas um só como se aquentará ? 12- Se alguém quiser prevalecer contra um , os dois lhe resistirão ; o cordão de três dobras não se rebenta com facilidade . 13- Melhor é o jovem pobre e sábio do que o rei velho e insensato , que já não se deixa admoestar; 14- ainda que aquele saia do cárcere para reinar ou nasça pobre no reino deste . 15- Vi todos os viventes que andam debaixo do sol com o jovem sucessor ; que ficará em lugar do rei. 16- Era sem conta todo o povo que ele dominava ; tampouco os que virão depois se hão de regozijar nele . Na verdade , que também isto é vaidade e correr atrás do vento .

Comentário vers. 4-1 - Eles não tinham nenhum consolador - Olhando em volta para um mundo que rejeitava os caminhos de Deus , Salomão via opressão por toda parte. Via também que os oprimidos não tinham nada . Hoje continua a haver muita opressão no mundo - mas há consolo à disposição do homem porque nosso Deus é Deus de toda consolação. Deus Pai consolava os seus , nos antigos tempos , quando nEle confiavam . Jesus ministrava consolo e cura quando esteve na terra , e o Espírito Santo nos foi prometido por Jesus como "outro Consolador". O preceito bíblico para os crentes também é que eles consolem uns aos outros vers.4-6 - Melhor é um punhado de descanso do que ambas as mãos cheias de trabalho e correr atrás do vento . Diligência no trabalho e aprimoramento profissional são muitas vezes motivados por mera competição com o próximo e por concorrência egoísta Tais motivações são autodestrutivas . Deus quer antes que primemos pela moderação fazendo boas obras , tendo uma maneira de viver santa e sossegada e cooperando uns com os outros vers. 4.9-12 - Melhor é serem dois que um . O companheirismo tem muitas vantagens , pois Deus não nos criou para vivermos isolados uns dos outros . todos nós precisamos do amor , da ajuda e do apoio dos amigos , dos familiares e dos irmãos na fé .Mesmo assim, tudo isso é insuficiente sem a comunhão diária com Deus Pai , com o Filho e com o Espírito Santo . vers. 4-13-16 - Tampouco os descendentes se alegrarão dele . Este contraste entre um jovem sábio e um rei velho e insensato que rejeita os conselhos , demonstra quão lamentável é quando um governante torna-se arrogante e fica sem condições de ser líder e servo do seu povo .

Capítulo 5 contém 20 versículos

A LOUCURA DE VOTOS PRECIPITADOS 1- Guarda o pé , quando entrares na Casa de Deus ; chegar-se para ouvir é melhor do que oferecer sacrifícios , pois não sabem que fazem mal. 2- Não te precipites com a tua boca , nem o teu coração se apresse a pronunciar palavra alguma diante de Deus , porque Deus está nos céus , e tu , na terra; portanto , sejam poucas as tuas palavras . 3- Porque dos muitos trabalhos vêm os sonhos , e do muito falar , palavras néscias. 4-Quando a Deus fizeres algum voto, não tardes em cumpri-lo; porque não se agrada de tolos. Cumpres o voto que fazes 5-Melhor é que não votes do que votes e não cumpras. 6-Não consintas que a tua boca te faça culpado, nem digas diante dos mensageiros de Deus que foi inadvertência ; por que razão se iraria Deus por causa de uma palavra , a ponto de destruir as obras das tuas mãos ? 7-Porque , como na multidão dos sonhos há vaidade ; assim também , nas muitas palavras , tu , porém , teme a Deus . A VAIDADE DAS RIQUEZAS 8- Se vires em alguma província opressão de pobres e o roubo em lugar de direito e da justiça , não te maravilhes de semelhante caso ; porque o que está alto tem acima de si outro mais alto que o explora ; e sobres estes há ainda outros mais elevados que também os exploram . 9- O proveito da terra é para todos; até o rei se serve do campo. 10-Quem ama o dinheiro jamais dele se farta; e quem ama a abundância nunca se farta da renda ; também isto é vaidade . 11- Onde os bens se multiplicam , também se multiplicam os que deles comem; que mais proveito , pois, têm os seus donos do que os verem com os seus olhos ? 12- Doce é o sono do trabalhador , quer coma pouco , quer muito ; mas a fartura do rico não o deixa dormir . 13-Grave mal vi debaixo do sol; as riquezas que seus donos guardam para o próprio dono . 14-E, se tais riquezas se perdem por qualquer má aventura , ao filho que gerou nada lhe fica na mão. 15- Como saiu do ventre de sua mãe , assim tu voltará , indo-se como veio ; e do seu trabalho nada poderá levar consigo. 16-Também isto é grave mal ; precisamente como veio, assim ele vai ; e que proveito lhe vem de haver trabalhado para o vento ? 17-Nas trevas, comeu em todos os seus dias , com muito enfado , com enfermidades e indignação. 18-Eis o que vi: boa e bela coisa é comer e beber e gozar cada um do bem de todo o seu trabalho , com que se afadigou debaixo do sol , durante os poucos dias da vida que Deus lhe deu ; porque esta é a sua porção. 19- Quanto ao homem a quem Deus conferiu riquezas e bens e lhe de deu poder para deles comer , e receber a sua porção , e gozar do seu trabalho , isto é dom de Deus . 20-Porque não se lembrará muito dos dias da sua vida , porquanto Deus lhe enche o coração de alegria .

Comentário : Capítulo 5 Vers. 1- GUARDA O TEU PÉ , QUANDO ENTRARES NA CASA DE DEUS. Deve-se estar com reverência na casa de Deus , e não com desrespeito . Prepare-se espiritualmente antes de adentrar a casa de Deus , e assim esteja em condições de ouvir a voz de Deus e lhe obedecê-la . vers. 4-6 - O QUE VOTARES , PAGA-O - O voto é uma forma de promessa solene diante de Deus que deve ser cumprida . É melhor deixar de fazer determinado voto , do que fazer e não cumpri-lo . O crente neotestamentário ao participar da Ceia do Senhor , está também fazendo um voto de viver em santidade e dedicação a Deus. Buscar os prazeres do pecado depois de fazer tal voto a Deus atrai a si ira e juízo , pois significa que aquele voto era realmente mentiroso. Mentir a Deus pode resultar em castigo severo . vers. 8- E SOBRE ESTES HÁ AINDA OUTROS MAIS ELEVADOS. Salomão ao notar de novo a opressão dos pobres e a injustiça a prevalecer , relembra aos opressores que Deus é juiz supremo . Ele está sobre todos e Ele enunciará o veredito final no dia do julgamento . vers. 10-17- O QUE AMAR O DINHEIRO NUNCA SE FARTARÁ DE DINHEIRO . O dinheiro e a abundância de bens terrenos não dão , por si , sentido à vida e, portanto , não podem promover a verdadeira felicidade . Geralmente o trabalhador honesto ao chegar à sua casa depois de um dia normal de trabalho, dorme tranqüilo, enquanto o rico não consegue conciliar o sono, temeroso de alguma calamidade , ou falha de sua parte , arruíne tudo o que tem. Mas mesmo sem qualquer prejuízo , o rico nada levará consigo ao morrer . É de lastimar que tantas pessoas trabalhem tanto para enriquecer , quando o principal é acumular tesouros no céu . ver. 18-20 -GOZAR DO SEU TRABALHO , ISSO É DOM DE DEUS. Quando no trabalho que Deus nos concedeu , ganharmos de modo honesto, além do necessário para cobrir nossas necessidades , devemos reconhecer que recebemos de Deus uma dádiva para ser usada na ajuda ao próximo e para a promoção da causa de Deus na terra .

Capítulo 6 -  contém 12 versículos 1- Há um mal que vi debaixo do sol e que pesa sobre os homens ; 2- o homem a quem Deus conferiu riquezas , bens e honra , e nada lhe falta de tudo quanto a sua alma deseja, mas Deus não lhe concede que disso coma ; antes , o estranho o come ; também isto é vaidade e grave aflição 3-Se alguém gerar cem filhos e viver muitos anos , até avançada idade , e se a sua alma não se fartar do bem , e além disso não tiver sepultura , digo que um aborto é mais feliz do que ele ; 4-pois debalde vem o aborto e em trevas se vai , e de trevas se cobre o seu nome ; 5- não viu o sol, nada conhece. Todavia , tem mais descanso do que o outro , 6-ainda que aquele vivesse duas vezes mil anos , mas não gozasse o bem. Porventura , não vão todos para o mesmo lugar ? 7-Todo trabalho do homem é para a sua boca ; e, contudo , nunca se satisfaz o seu apetite. 8-Pois que vantagem tem o sábio sobre o tolo ? Ou o pobre que sabe andar perante os vivos ? 9-Melhor é a vista dos olhos do que o andar ocioso da cobiça ; também isto é vaidade e correr atrás do vento. 10-A tudo quanto há de vir já se lhe deu o nome , e sabe-se o que é o homem, e que não pode contender com quem é mais forte do que ele . 11-É certo que há muitas coisas que só aumentam a vaidade , mas que aproveita isto ao homem ? 12-Pois quem sabe o que é bom para o homem durante os poucos dias da sua vida de vaidade, os quais gasta como sombra ? Quem pode declarar ao homem o que será depois dele debaixo do sol ?

Comentário : Capítulo 6 Vers. 2- MAS DEUS NÃO LHE CONCEDE QUE DISSO COMA -Uma pessoa pode ter tudo que deseja para gozar a vida e não pode fazê-lo . O desfrute daquilo que alguém possui deve ser conforme o seu correto relacionamento com Deus . Se formos dedicados a Deus e ao seu reino, Ele nos fará desfrutar das suas bênçãos materiais É lícito gozar os bens que Deus deu , mas estes não podem satisfazer a alma. Vers.3-6- AINDA QUE VIVESSE DUAS VEZES MIL ANOS - A morte em idade jovem é lamentável , mas também uma vida longa não é garantia de que a pessoa desfrutará daquilo que Deus lhe deu . Uma vida cheia de aflição leva a pessoa a desejar que tivesse morrido ao nascer e assim não sofrer tanto . A luz da eternidade , o que importa é que vivamos para Deus . vers.10- NÃO PODE CONTENDER COM O QUE É MAIS FORTE DO QUE ELE. Nosso Deus Onipotente conhece todas as coisas e sabe tudo acerca dos seres humanos . Quão tolo seria o contender com Ele ! O ser humano freqüentemente nem sabe o que é melhor para si , como também não sabe como serão as coisas após sua morte . Quanto melhor é confiar em Deus e viver humildemente para Ele . CAPÍTULO 7 contém 29 versículos COMPARADAS A SABEDORIA E A LOUCURA 1- Melhor é a boa fama do que o ungüento precioso , e o dia da morte, melhor do que o dia do nascimento. 2- Melhor é ir à casa onde há luto do que ir à casa onde há banquete , pois naquela se vê o fim de todos os homens e os vivos que o tomem em consideração. 3- Melhor é a mágoa do que o riso , porque com a tristeza do rosto se faz melhor o coração. 4- O coração dos sábios está na casa do luto, mas o dos insensatos , na casa da alegria. 5- Melhor é ouvir a repreensão do sábio do que ouvir a canção do insensato. 6-Pois, qual o crepitar dos espinhos debaixo de uma panela , tal é a risada do insensato ; também isto é vaidade 7-Verdadeiramente , a opressão faz endoidecer até o sábio , e o suborno corrompe o coração. 8- Melhor é o fim das coisas do que o seu princípio ; melhor é o paciente do que o arrogante . 9-Não te apresses em irar-te , porque a ira se abriga no íntimo dos insensatos . 10-Jamais digas: Por que foram os dias passados melhores do que estes ? Pois não é sábio perguntar assim . 11-Boa é a sabedoria , havendo herança , e de proveito , para os que vêem o sol . 12-A sabedoria protege como protege o dinheiro ; mas o proveito da sabedoria é que ela dá vida ao seu possuidor . 13-Atenta para as obras de Deus , pois quem poderá endireitar o que ele torceu ? 14-No dia da prosperidade , goza do bem ; mas, no dia da adversidade , considera em que Deus fez tanto este como aquele , para que o homem nada descubra do que há de vir depois dele . A MODERAÇÃO EM TUDO É BOA 15- Tudo isto vi nos dias da minha vaidade : há justo que perece na sua justiça , e há perverso que prolonga os seus dias na sua perversidade. 16-Não sejas demasiadamente justo , nem exageradamente sábio ; por que te destruirias a ti mesmo ? 17-Não sejas demasiadamente perverso , nem sejas louco ; por que morrerias fora do teu tempo ? 18-Bom é que retenhas isto e também daquilo não retires a mão ; pois quem teme a Deus de tudo isto sai ileso. 19- A sabedoria fortalece ao sábio , mais do que dez poderosos que haja na cidade . 20- Não há homem justo sobre a terra que faça o bem e que não peque. 21- Não apliques o coração a todas as palavras que se dizem , para que não venhas a ouvir o teu servo a amaldiçoar-te, 22- pois tu sabes que muitas vezes tu mesmo tens amaldiçoado a outros . AVALIAÇÃO DA MULHER ENGANOSA 23- Tudo isto experimentei pela sabedoria ; e disse : tornar-me-ei sábio , mas a sabedoria estava longe de mim . 24-O que está longe e mui profundo quem o achará ? 25- Apliquei-me a conhecer, e a investigar , e a buscar a sabedoria e meu juízo de tudo , e a conhecer que a perversidade é insensatez e a insensatez , loucura . 26- Achei coisa mais amarga do que a morte : a mulher cujo coração são redes e laços e cujas mãos são grilhões ; quem for bom diante de Deus fugirá dela , mas o pecador virá a ser seu prisioneiro . 27- Eis o que achei , diz o Pregador , conferindo uma coisa com outra , para a respeito delas formar o meu juízo , 28- juízo que ainda procuro e não o achei : entre mil homens achei um como esperava , mas entre tantas mulheres não achei nem sequer uma . 29-Eis o que tão somente achei : que Deus fez o homem reto, mas ele se meteu em muitas astúcias.

Comentário - Cap. 7 Vers. 1- MELHOR É A BOA FAMA DO QUE O MELHOR UNGËNTO . A boa fama significa mais do que uma boa posição social : trata-se da verdadeira integridade de caráter , tal pessoa exerce uma mais duradoura influencia no caráter do próximo do que aquela cuja preocupação é somente posição social. Vers.1- E O DIA DA MORTE - O dia da morte do crente é melhor do que o dia do seu nascimento , pois marca o início de uma vida muito melhor junto a Deus . vers. 2-6- MELHOR É A TRISTEZA DO QUE O RISO - Salomão contrasta o efeito benéfico da tristeza e do sentimento causados por uma sábia repreensão , com as risadas inconvenientes e as piadas levianas dos tolos. Uma repreensão oportuna e apropriada pode provocar tristeza , mas geralmente ela leva ao arrependimento a pessoa que recebe . Uma advertência a tais pessoas sobre os fatos da vida real pode causar um tipo de tristeza que é melhor do que o riso e os divertimentos. Vers.8-14- ATENTA PARA A OBRA DE DEUS - Salomão nos conclama a perseverar no atingimento dos alvos ditados por Deus , percorrendo o caminho que Ele traçou seja áspero ou suave . Quando o crente assim faz , Deus opera através dele , o qual se regozija na prosperidade e aprende a confiar em Deus na adversidade . Como o apóstolo Paulo , devemos aprender a estar contentes , quer na abundância , quer na necessidade. Vers. 16- NÃO SEJAS DEMASIADAMENTE JUSTO, NEM DEMASIADAMENTE SÁBIO - Este versículo deve ser interpretado à luz do Provérbio 3.7 : "Não sejas sábio a teus próprios olhos ; teme ao Senhor e aparta-te do mal" . Aqueles que dependerem das suas boas obras para a salvação, e aqueles que se julgam sábios em si mesmos, acabarão se arruinando . O homem necessita da justiça que procede de Deus para regenerar seu coração , e igualmente , da verdadeira sabedoria da parte do Espírito Santo , para compreender a Palavra de Deus . vers. 20-22- NÃO HÁ HOMEM JUSTO SOBRE A TERRA , QUE FAÇA BEM E NUNCA PEQUE. Este versículo não contradiz a declaração de Deus sobre a retidão de Jó , pelo contrário , exprime a verdade de que "todos pecaram e destituídos estão da graça de Deus". Vers. 23-28- DISSE: SABEDORIA ADQUIRIREI : MAS ELA AINDA ESTAVA LONGE DE MIM . Os que buscam a verdadeira sabedoria somente através do seu raciocínio , não a encontrarão . O empecilho aqui, provém da "mulher" do versículo 26 , que é a personificação da sedução da imoralidade e da iniqüidade. Ela é exatamente o inverso da mulher como personificação da sabedoria Em provérbio 14-1 -A mulher sábia edifica a sua casa , mas a insensata com as próprias mãos a derriba. Os pecadores não conseguem encontrar a verdadeira sabedoria porque estão dominados pela iniqüidade , mas os que agradam a Deus mediante a fé e a obediência obtém a sabedoria divina e se libertam da escravidão do pecado .

Capítulo 8 - contém 17 versículos A SUBMISSÃO DIANTE DO REI 1- Quem é como o sábio ? E quem sabe a interpretação das coisas ? A sabedoria do homem faz reluzir o seu rosto , e muda-se a dureza da sua face . 2- Eu te digo : observa o mandamento do rei , e isso por causa do teu juramento feito a Deus . 3- Não te apresses em deixar a presença dele , nem te obstines em coisa má , porque ele faz o que bem entende. 4- Porque a palavra do rei tem autoridade suprema ; e quem lhe dirá : Que fazes ? 5- Quem guarda o mandamento não experimenta nenhum mal ; e o coração do sábio conhece o tempo e o modo . 6- Porque para todo propósito há tempo e modo; porquanto é grande o mal que pesa sobre o homem. 7- Porque este não sabe o que há de suceder ; e. como há de ser, ninguém há que lho declare . 8- Não há nenhum homem que tenha domínio sobre o vento para o reter; nem tampouco tem ele poder sobre o dia da morte ; nem há tréguas nesta peleja; nem tampouco a perversidade livrará aquele que a ela se entrega . 9-Tudo isto vi quando me apliquei a toda obra que se faz debaixo do sol; há tempo em que um homem tem domínio sobre outro homem , para arruiná-lo. AS DESIGUALDADES NA VIDA 10- Assim também vi os perversos receberem sepultura e entrarem no repouso , ao passo que os que freqüentavam o lugar santo foram esquecidos na cidade onde fizeram o bem ; também isto é vaidade. 11- Visto como se não executa logo a sentença sobre a má obra , o coração dos filhos dos homens está inteiramente disposto a praticar o mal. 12- Ainda que o pecador faça o mal cem vezes , e os dias se lhe prolonguem , eu sei com certeza que bem sucede aos que temem a Deus. 13- Mas o perverso não irá bem , nem prolongará os seus dias ; será como a sombra , visto que não teme diante de Deus . 14-Ainda há outra vaidade sobre a terra : justos a quem sucede segundo as obras dos perversos , e perversos a quem sucede segundo as obras dos justos . Digo que também isto é vaidade. 15-Então, exaltei eu a alegria , porquanto para o homem nenhuma coisa há melhor debaixo do sol do que comer, beber e alegrar-se ; pois isso o acompanhará no seu trabalho nos dias da vida que Deus lhe dá debaixo do sol . 16-Aplicando-me a conhecer a sabedoria e a ver o trabalho que há sobre a terra - pois nem de dia nem de noite vê o homem sono nos seus olhos - 17- então , contemplei toda a obra de Deus e vi que o homem não pode compreender a obra que se faz debaixo do sol ; por mais que trabalhe o homem para descobrir , não a entenderá ; e , ainda que diga o sábio que a virá a conhecer , nem por isso a poderá achar . COMENTÁRIO CAP. 8 VERSÍCULOS 2-17 Vers. 2- OBSERVA O MANDAMENTO DO REI - O rei representa aqui , o governo humano instituído que foi por Deus . Governantes , quando servos de Deus motivam o povo a viver com retidão . A Palavra de Deus nos ordena a obedecer às leis justas do governo. Vers. 13- AO ÍMPIO NÃO IRÁ BEM - No mundo comumente parece que o mal triunfa e que os pecadores escapam ilesos , sem castigos . Deus, porém, nos assegura que chegará o dia do justo castigo dos malfeitores . vers. 17- VI TODA A OBRA DE DEUS , QUE O HOMEM NÃO PODE ALCANÇAR . Salomão reconheceu que, por mais sábio que o homem for , não consegue pela sua sabedoria explicar todas as obras de Deus , ou os métodos da sua providência . Nós , da mesma forma que Jó , não precisamos saber todas as razões das coisas ; simplesmente precisamos confiar no Senhor e crer que Ele faz bem todas as coisas . Se somos os seus filhos , estamos em suas mãos .

Capítulo 9 - contém 18 versículos A SORTE PARECE SER A MESMA PARA TODOS 1- Deveras me apliquei a todas estas coisas para claramente entender tudo isto : que os justos , e os sábios, os seus feitos estão nas mãos de Deus ; e, se é amor ou se é ódio que está à sua espera , não o sabe o homem . Tudo lhe está oculto no futuro . 2- Tudo sucede igualmente a todos : o mesmo sucede ao justo e ao perverso ; ao bom , ao puro e ao impuro ; tanto ao que sacrifica como ao que não sacrifica ; ao bom como ao pecador ;ao que jura como ao que teme o juramento . 3- Este é o mal que há em tudo quanto se faz debaixo do sol ; a todos sucede o mesmo ; também o coração dos homens está cheio de maldade , nele há desvarios enquanto vivem ; depois , rumo aos mortos . 4-Para aquele que está entre os vivos há esperança ; porque mais vale um cão vivo do que um leão morto . 5- Porque os vivos sabem que hão de morrer ; mas os mortos não sabem coisa nenhuma , nem tampouco terão eles recompensa , porque a sua memória jaz no esquecimento . 6- Amor , ódio e inveja para eles já pereceram ; para sempre não têm eles parte em coisa alguma do que se faz debaixo do sol. 7- Vai , pois, come com alegria o teu pão e bebe gostosamente o teu vinho , pois Deus já de antemão se agrada das tuas obras . 8- Em todo tempo sejam alvas as tuas vestes , e jamais falte o óleo sobre a tua cabeça . 9- Goza a vida com a mulher que amas, todos os dias de tua vida fugaz , os quais Deus te deu debaixo do sol; porque esta é a tua porção esta é a tua porção nesta vida pelo trabalho com que te afadigaste debaixo do sol. 10- Tudo quanto te vier à mão para fazer , faze-o conforme as tuas forças , porque no além , para onde tu vais , não há obra , nem projetos , nem conhecimento , nem sabedoria alguma . TRABALHOS SEM RECOMPENSA 11- Vi ainda debaixo do sol que não é dos ligeiros o prêmio , nem dos valentes, a vitória , nem tampouco dos sábios , o pão , nem ainda dos prudentes , a riqueza , nem dos inteligentes , o favor ; porém tudo depende do tempo e do acaso . 12- Pois o homem não sabe a sua hora . Como os peixes que se apanham com a rede traiçoeira e como os passarinhos que se prendem com o laço , assim se enredam também os filhos dos homens no tempo da calamidade , quando cai de repente sobre eles. EXEMPLO QUE ILUSTRA ESTA VERDADE 13- Também vi este exemplo de sabedoria debaixo do sol , que foi para mim grande . 14- Houve uma pequena cidade em que havia poucos homens ; veio contra ela um grande rei , sitiou-a e levantou contra ela grandes baluartes . 15- Encontrou-se nela um homem pobre, porém sábio , que a livrou pela sua sabedoria ; contudo , ninguém se lembrou mais daquele pobre . 16-Então , disse eu : melhor é a sabedoria do que a força , ainda que a sabedoria do pobre é desprezada , e as suas palavras não são ouvidas . 17- As palavras dos sábios , ouvidas em silêncio , valem mais do que os gritos de quem governa entre tolos. 18- Melhor é a sabedoria do que as armas de guerra , mas um só pecador destrói muitas coisas boas. COMENTÁRIO CAP 9 Vers. 2- TUDO SE SUCEDE IGUALMENTE A TODOS Salomão observa aqui, sob o prisma desta vida , que a morte é inevitável . Sob este enfoque , não parece justo que a morte sobrevenha a todos indistintamente , aos justos e injustos . vers. 7- COME COM ALEGRIA O TEU PÃO E BEBE COM BOM CORAÇÃO O TEU VINHO . Embora a morte sobrevenha a todos, e "que o tempo e a sorte pertencem a todos", nós que aqui vivemos para agradar a Deus , devemos continuar a desfrutar daquilo que Ele nos deu. O "vinho" aqui referido significa sem dúvida , o suco doce , de uva , recém-espremidos . vers. 10 - FAZE-O CONFORME AS TUAS FORÇAS - Seja qual for a tarefa que empreendemos , devemos realizá-la com todo esforço , como para o Senhor . vers, 15- NINGUÉM SE LEMBRARÁ DAQUELE POBRE HOMEM - Nesta parábola uma pequena cidade estava sitiada por um qrande exército . A situação era certamente desesperadora . Um sábio pobre , no entanto , elaborou um plano e a cidade foi poupada . Tudo indica que outra pessoa recebeu o crédito pelo livramento da cidade, e o sábio , talvez por ser pobre , foi esquecido . O crente deve entender que, enquanto ele viver na terra , a justiça e a eqüidade serão imperfeitas , mesmo no caso mais apurado . Na vida , após a morte , no entanto, Deus corrigirá todas as injustiças e recompensará todos os atos de justiça. Obs: a expressão debaixo do sol - refere- se a terra , a existência humana. CAPÍTULO 10 contém 20 versículos A EXCELÊNCIA DA SABEDORIA 1-Qual mosca morta faz o ungüento do perfumador exalar mau cheiro , assim é para a sabedoria e a honra um pouco de estultícia 2- O coração do sábio se inclina para o lado direito , mas o do estulto , para o da esquerda . 3-Quando o tolo vai pelo caminho, falta-lhe o entendimento ; e, assim, a todos mostra que é estulto. 4- Levantando-se contra ti a indignação do governador , não deixes o teu lugar , porque o ânimo sereno acalma grandes ofensores. 5-Ainda há um mal que vi debaixo do sol, erro que procede do governador ; 6-o tolo posto em grandes alturas, mas os ricos assentados em lugar baixo. 7- Vi servos a cavalo e príncipe andando a pé como servos sobre a terra . 8-Quem abre uma cova nela cairá , e quem rompe um muro , mordê-lo-á uma cobra . 9- Quem arranca pedras será maltratado por elas , e o que racha lenha expõe-se ao perigo . 10-Se o ferro está embotado , e não se lhe afia o corte , é preciso redobrar a força ; mas a sabedoria resolve com bom êxito. 11- Se a cobra morder antes de estar encantada , não há vantagem no encantador . 12-Nas palavras do sábio há favor , mas ao tolo os seus lábios devoram . 13-As primeiras palavras da boca do tolo são estultícia , e as últimas , loucura perversa . 14- O estulto multiplica as palavras , ainda que o homem não sabe o que sucederá ; e quem lhe manifestará o que será depois dele ? 15- O trabalho do tolo o fadiga , pois nem sabe ir à cidade . 16- Ai de ti , ó terra cujo rei é criança e cujos príncipes se banqueteiam já de manhã . 17- Ditosa , tu , ó terra cujo rei é filho de nobres e cujos príncipes se sentam à mesa a seu tempo para refazerem as forças e não para bebedice . 18-Pela muita preguiça desaba o teto, e pela frouxidão das mãos goteja a casa . 19- O festim faz-se para rir , o vinho alegra a vida , e o dinheiro atende a tudo. 20-Nem no teu pensamento amaldiçoes o rei , nem tampouco no mais interior do teu quarto , o rico ; porque as aves dos céus poderiam levar a tua voz , e o que tem asas daria notícia das tuas palavras.

Comentário - Cap. . 10 Vers. 1- A MOSCA MORTA FAZ EXALAR MAU CHEIRO E INUTILIZAR O UNGÜENTO - Assim como a mosca morta pela putrefação , estraga muito perfume , assim também um pouco de insensatez pode destruir os bons efeitos de muita sabedoria . Os planos podem ser ótimos , mas o imprudente pode com um só de seus erros estragar todos eles . vers. 8-10 - QUEM FIZER UMA COVA - A sabedoria leva em conta os riscos e as dificuldades da vida com suas tarefas cotidianas . O sábio evita danos, porque sabe o que pode acontecer e se acautela dos perigos ocultos . vers. 16- AI DE TI , Ó TERRA , CUJO REI É CRIANÇA - É um quadro crítico quando os governantes e dirigentes são pueris e quando os executivos com seus auxiliares iniciam o dia dando vazão a seus apetites , provavelmente em bebedeiras . Quão deplorável é que no decurso da história ,as bebidas alcoólicas , sem qualquer impedimento , abarrotam as capitais do mundo ! Precisamos de executivos crentes , que dêem um bom exemplo de como ser cristão .

Capítulo 11 - contém 10 versículos O PROCEDIMENTO PRUDENTE DO SÁBIO 1- Lança o teu pão sobre as águas , porque depois de muitos dias o acharás. 2- Reparte com sete e ainda com oito , porque não sabes que mal sobrevirá à terra. 3- Estando as nuvens cheias , derramam aguaceiro sobre a terra ; caindo a arvore para o sul ou para o norte , no lugar em que cair , aí ficará . 4-Quem somente observa o vento nunca semeará , e o que olha para as nuvens nunca segará . 5- assim como tu não sabes qual o caminho do vento , nem como se formam os ossos no ventre da mulher grávida , assim também não sabes as obras de Deus , que faz todas as coisas. 6- Semeia pela manhã a tua semente e à tarde não repouses a mão, porque não sabes qual prosperará ; se esta , se aquela ou se ambas igualmente serão boas . 7-Doce é a luz , e agradável aos olhos , ver o sol . 8-Ainda que o homem viva muitos anos, regozije-se em todos eles; contudo , deve lembrar-se de que há dias de trevas , porque serão muitos . Tudo quando sucede é vaidade. A MOCIDADE 9-Alegra-te , jovem, na tua juventude , e recreie-se o teu coração nos dias da tua mocidade ; anda pelos caminhos que satisfazem ao teu coração e agradam aos teus olhos ; sabe, porém, que de todas estas coisas Deus te pedirá contas. 10- Afasta , pois , do teu coração o desgosto e remove da tua carne a dor, porque a juventude e a primavera da vida são vaidade.

Comentário - Cap. 11 Vers. 1- O TEU PÃO SOBRE AS ÁGUAS - Um dos sentidos da palavra hebraica traduzida por "pão" é o grão usado em panificação . A referência aqui pode ser ao costume egípcio de espalhar sementes ou grãos sobre as águas que inundavam suas terras anualmente , quando o rio Nilo transbordava. Parecia que aqueles grãos ficavam soterrados e esquecidos , mas no devido tempo surgia a colheita . Podemos aplicar esse fato à nossa disposição de ser generosos e prestimosos . Devemos dar liberalmente , pois um dia talvez nos mesmos venhamos a enfrentar uma grande necessidade. Vers.4- QUEM OBSERVA O VENTO NUNCA SEMEARÁ Estamos num mundo em que quem ficar aguardando condições ideais para dar início a um empreendimento , nunca fará nada. Nunca haverá condições perfeitas durante a presente era. Devemos perseverar na oração e na leitura da Bíblia diariamente . Devemos viver segundo os santos padrões de Deus , mesmo que todo ao nosso redor busquem os prazeres pecaminosos. Vers.9- POR TODAS ESSAS COISAS TE TRARÁ DEUS A JUÍZO - Deus quer que seu povo se alegre e que os jovens desfrutem da sua juventude . Mas todo esse regozijo deve ser moderado pelo reconhecimento de que Deus responsabilizará cada um por seus atos pecaminosos . Se o crente permitir que sua vida espiritual degenere em mediocridades e na prática de coisas pecaminosas , o resultado será aflição e sofrimento no presente e julgamento no futuro .

Capítulo 12 - contém 14 versículos A VELHICE 1- Lembra-te do teu Criador nos dias da tua mocidade , antes que venham os maus dias , e cheguem os anos dos quais dirás : Não tenho neles prazer ; 2- antes que se escureçam o sol, a lua e as estrelas do esplendor da tua vida , e tornem a vir as nuvens depois do aguaceiro ; 3- no dia em que tremerem os guardas da casa , os teus braços , e se curvarem os homens outrora fortes , as tuas pernas, e cessarem os teus moedores da boca, por já serem poucos , e se escurecerem os teus olhos nas janelas ; 4-e os teus lábios , quais portas da rua, se fecharem ; no dia em que não puderes falar em alta voz , te levantares à voz das aves , e todas as harmonias , filhas da música , te diminuírem ; 5- como também quando temeres o que é alto , e te espantares no caminho , e te embranqueceres , como floresce a amendoeira , e o gafanhoto te for um peso , e te perecer o apetite ; porque vais à casa eterna , e os pranteadores andem rodeando pela praça ; 6-antes que se rompa o fio de prata , e se despedace o copo de ouro , e se quebre o cântaro junto à fonte , e se desfaça a roda junto ao poço , 7-e o pó volte à terra , como o era , e o espírito volte a Deus , que o deu . 8- Vaidade de vaidade , diz o Pregador , tudo é vaidade . CONCLUSÃO 9-O Pregador , além de sábio, ainda ensinou ao povo o conhecimento ; e, atentando e esquadrinhando , compôs muitos provérbios . 10-Procurou o Pregador achar palavras agradáveis e escrever com retidão palavras de verdade . 11- As palavras dos sábios são como aguilhões , e como pregos bem fixados as sentenças coligidas , dadas pelo único Pastor . 12- Demais , filho meu , atenta : não há limite para fazer livros, e o muito estudar é enfado da carne. 13-De tudo o que se tem ouvido , a suma é : Teme a Deus e guarda os seus mandamentos ; porque isto é dever de todo homem. 14-Porque Deus há de trazer a juízo todas as obras , até as que estão escondidas , quer sejam boas, quer sejam más.

Comentário - Cap. 12 Vers. 1-7- LEMBRA-TE DO TEU CRIADOR NOS DIAS DA TUA MOCIDADE. "Lembrar-se", na Bíblia , sempre subentende ação ; quando Deus se "lembrou" de Abraão, Ele interveio na sua vida para o bem . Por isso , lembrar-nos do nosso Criador importa em agir da maneira que Ele estabeleceu quando nos criou. De Deus vem a vida , e com ela as oportunidades que nos advêm com a juventude . É somente com ajuda do Espírito Santo que conseguimos "lembrar-nos" de Deus , à medida que somos revestidos do "novo homem, que segundo Deus é criado em verdadeira justiça e santidade", e devemos , assim , viver antes que venha a morte. Os versículos 3-7 apresentam um quadro vivido do processo de envelhecimento do corpo físico , processo este que culmina na morte . Há conforto , porém , no fato de que nossa pessoa interior "se renova de dia em dia" . vers. 7- O PÓ VOLVE À TERRA .....O ESPÍRITO VOLTE A DEUS - Este versículo faz uma distinção entre o aspecto da pessoa humana que fica na terra , no momento da morte ; e o que volta a Deus. Vers. 8- TUDO É VAIDADE - quer dizer, é tudo ilusório . Este versículo expressa o tema de Eclesiastes, isto é , todos os empreendimentos humanos na terra não têm sentido nem propósito , quando realizados à parte da vontade de Deus , fora da comunhão com Ele e da sua obra de amor em nossa vida vers. 11- AS PALAVRAS DOS SÁBIOS SÃO COMO AGUILHÕES - As sábias palavras da verdade , provenientes do único Pastor divino agem : (1) como vara de ferrão (isto é, vara com aguilhão) para nos conservar no caminho certo ; e (2) como pregos para fixar a verdade em nossa mente . A Palavra de Deus , portanto, é muito mais valiosa do que todos os livros do saber humano . vers. 13- TEME A DEUS E GUARDA OS SEUS MANDAMENTOS - Todo o livro de Eclesiastes deve-se interpretar segundo o contexto deste penúltimo versículo . Salomão começou com uma avaliação negativista da vida como vaidade algo irrelevante , mas no fim ele concluiu com um sábio conselho , a indicar onde se pode encontrar o sentido da vida . No temor de Deus , no amor a Ele e na obediência aos seus mandamentos , temos o propósito e a satisfação que não existem em nada mais. Vers.14- PORQUE DEUS HÁ DE TRAZER A JUÍZO TODA OBRA. A mensagem final do livro de Eclesiastes faz-nos lembrar de uma verdade solene e inalterável : a prestação de contas do ser humano perante Deus , por todos os seus atos . O Senhor julgará a todos nós , crentes e incrédulos , isto é, todos os nossos atos , bons ou maus. Quem negligenciou ou rejeitou a graça redentora de Deus não estará justificado no dia do julgamento .

VOLTAR AO ÍNDICE DOS LIVROS