A  PARÁBOLA DOS LAVRADORES MAUS

     

(Evangelho de Mateus cap. 21 vers.33-46)

 

 33- Atentai noutra parábola. Havia um homem, dono da casa, que

      plantou uma vinha. Cercou-a de uma sebe , construiu nela  um

      lagar, edificou-lhe uma torre e arrendou-a a uns lavradores.

      Depois, se ausentou do país.

34- Ao tempo da colheita, enviou os seus servos aos lavradores  ,

      para receber os frutos que lhe tocavam.

35-E os lavradores, agarrando os servos, espancaram a um, mataram

      a outro e a outro apedrejaram .

36-Enviou ainda outros servos em maior número; e trataram-nos da

     mesma sorte.

37-E, por último, enviou-lhe o seu próprio filho, dizendo : A meu

     filho respeitarão .

38-Mas os lavradores, vendo o filho, disseram entre si : este é o

     herdeiro, ora, vamos, matemo-lo e apoderemo-nos da  sua

     herança.

39-E , agarrando-o, lançaram-no fora da vinha e o mataram .

40-Quando, pois, vier o senhor da vinha, que fará aqueles

     lavradores?

41-Responderam-lhe: Fará perecer horrivelmente a estes malvados

     e arrendará a vinha a outros lavradores que lhe remetam os frutos

     nos seus devidos tempos .

42-Perguntou-lhes Jesus : Nunca lestes nas Escrituras :

     A pedra que os construtores rejeitaram, essa veio a ser a principal

     pedra angular; isto procede do Senhor e é maravilhoso aos nossos

    olhos?

43-Portanto, vos digo que o reino de Deus vos será tirado e será

     entregue a um povo  que lhe produza os respectivos frutos.

44-Todo o que cair sobre esta pedra ficará em pedaços; e aquele

      sobre quem ela cair ficará reduzido a pó.

45-Os principais sacerdotes e os fariseus, ouvindo estas parábolas,

     entenderam que era a respeito deles que Jesus falara;

46-e, conquanto buscassem prendê-lo, temeram as multidões   ,

     porque estas o consideravam como profeta.

 

Lição que extraímos :

 

Esta parábola retrata a rejeição do amado Filho de Deus , por Israel.

Israel rejeita o Messias e o seu reino. Como resultado: o reino       de

Deus e seu poder são dados a outros; àqueles que aceitam o Evangelho

quer judeus ou gentios. Este princípio continua em vigor. O reino e o

seu poder serão tirados daqueles que deixam de permanecer fiéis     a

Cristo e que rejeitam os seus caminhos de justiça; em seu         lugar

receberão o reino aqueles que se separam do mundo e buscam       em

primeiro lugar o reino de Deus e a sua justiça.

No vers. 44 lemos : Todo o que cair sobre esta pedra ficará em pedaços .   A pedra – àqueles que não aceitam a Jesus serão esmagados, e aqueles que caírem sob seu juízo serão aniquilados, onde Cristo é apresentado como pedra de tropeço e rocha de escândalo, onde o Messias é a rocha que esmaga os reinos do mundo

na sua vinda.

 

Gentios – aquele que segue a religião pagã – Idólatra

 

Sebe – vedação feita de ramos ou de varas entretecidas (cerca)

 

Lagar - tanque para esmagar as uvas e fazer o vinho e uma torre para

vigiar tudo isso.

VOLTAR AO ÍNDICE DAS PARÁBOLAS