A PARÁBOLA  DO  FARISEU  E O PUBLICANO

            (Evangelho de Lucas cap. 18 vers. 9-14)

           9 - Disse Jesus também esta parábola a alguns  que confiavam em si mesmos, por se

                considerarem justos , e desprezavam os outros ;

          10- Dois homens subiram ao templo com o propósito de orar : um fariseu , e o outro

                publicano .

          11- O fariseu, posto em pé , orava de si para si mesmo , desta forma : Ó Deus , graças

                te dou porque não sou como os demais homens , roubadores , injustos e adúlteros,

                nem ainda como este publicano ;

         12 - jejuo duas vezes por semana e dou o dízimo de tudo quanto ganho

         13 - O publicano , estando em pé , longe , não ousava nem ainda levantar os olhos ao

                céu , mas batia no peito , dizendo : Ó Deus , sê propício a mim , pecador! 

         14 - Digo-vos  que este desceu justificado para sua casa , e não aquele ; porque tudo o

               se exalta será humilhado ; mas o que se humilha será exaltado .

 

            Lição  que extraímos :

 

              O fariseu era justo aos seus próprios olhos . A pessoa pensa ser justa por causa dos

              seus próprios esforços , não tem consciência da sua própria natureza pecaminosa , da

              sua indignidade e da sua permanente necessidade de ajuda , misericórdia e graças de

              Deus . Por causa dos seus destacados atos de compaixão e da sua bondade exterior,

              tal pessoa acha que não precisa da graça de Deus.

              O publicano, por outro lado , estava profundamente consciente do seu pecado e culpa

              e, verdadeiramente arrependido , voltou-se do pecado para Deus , suplicando perdão

              e misericórdia . Tipifica o verdadeiro filho de Deus .

 

          Quem eram os fariseus ?

              Eram os membros de uma seita de judeus , que ostentavam grande santidade exterior

              na sua vida .

              Aquele que não tem senão a ostentação da virtude : hipócrita .

              Sob um rigorismo aparente , os fariseus escondiam os hábitos mais depravados.

             Jesus Cristo , tendo-lhes desmascarado o orgulho e a hipocrisia , comparou-os

             a sepulcros caiados , por fora , e cheios por dentro de podridão e negrura ; os 

             fariseus ligaram-se com os príncipes dos sacerdotes contra ele,amotinaram    a

             população e fizeram-no condenar ao suplício da cruz .

              Esta palavra (fariseu) diz-se , no figurado , dos beatos falsos e d’aquele que só

             têm a máscara da piedade e virtude .

             

        Quem eram os publicanos ? 

       

            Eram os cobradores dos dinheiros públicos entre os antigos romanos . Homens de

            negócios .

            No versículo 13 –lê-se  : mas batia no peito – isto era sinal de angústia .

            No versículo 14- Jesus diz que o publicano foi para casa justificado.

            Para o apóstolo Paulo  a justificação é a benção fundamental de Deus , pois essa 

            benção tanto salva do passado como assegura o futuro . Por outro lado, significa

            perdão , e o fim das hostilidades entre Deus e nós mesmos. O indivíduo justificado ,

            por conseguinte, pode ficar certo que nada será capaz de separá-lo do amor de seu

            Deus .

                      

VOLTAR AO ÍNDICE DAS PARÁBOLAS